Localizado a 260 km ao norte de Brasília, o Parque Nacional da Unesco da Chapada dos Veadeiros é extraordinariamente bem preservado e é uma boa opção para os amantes da natureza.

O Cerrado é a vegetação predominante do local com arbustos e palmeiras. Várias espécies de animais podem ser encontradas, como o tamanduá, o tatu amarelo, a capivara e mais de 800 espécies de aves.

As visitas são feitas a partir da cidade de São Jorge, uma antiga vila de mineração de quartzo, como um pacote de 3 dias/2 noites ou 4 dias/3 noites.

Você pode conferir os circuitos dos cânions, o Vale da Lua, circuito de cascatas e piscinas naturais, observação de animais (araras, capivaras, tucanos, tamanduás, lobo-guará). A melhor época para visitar o Parque da Chapada dos Veadeiros é de abril a outubro.

Situação geográfica e clima

Pertencente ao estado de Goiás, no centro-oeste do Brasil, a cidade está localizada no coração de uma floresta tropical que é do tamanho do continente europeu. Os principais pontos de acesso ao parque são: a cidade de Alto Paraíso e a vila de São Jorge, a 220 km da capital brasileira.

O clima é tropical e semiárido. Há duas estações principais na região: um inverno seco e frio e um verão quente e úmido. A altitude, a 1300 metros do local, faz com que as manhãs sejam sempre muito frescas.

O período mais ideal para visitar o parque é entre os meses de maio e outubro. As temperaturas são em torno de 25 graus.

O ecossistema do parque: rico e único

As características únicas da savana brasileira do Cerrado, tornam o local essencial para a biodiversidade da região e a prosperidade de suas espécies endêmicas.

A fauna e flora do parque: No encontro de novas espécies.

Cerca de 400 espécies de plantas crescem abundantemente na floresta tropical do parque. Palmeiras como a Mauritia flexuosa, árvores esguias e várias flores maravilhosas, como o Paepalanthus, estão expostas ali.

A fauna, por sua vez, é tão singular e surpreendente quanto a flora da Chapada dos Veadeiros. Muitas espécies raras e ameaçadas povoam a região.

Se você tiver sorte, poderá ver o prodigioso lobo-guará. Alguns mamíferos místicos, como o tamanduá, o tatu-canastra, a onça-pintada e o veado-campeiro ocupam a planície. Acrescente a isso, cerca de 800 espécies de aves e a grande e prestigiosa ema, e a imagem obtida será uma beleza divina!

Paisagens e lugares famosos

As paisagens que oferecem no local vão encher os olhos. Tudo é verde, tudo é virgem e o tempo congela ali. O parque é naturalmente decorado com cachoeiras, rios e canyons. Os cristais das rochas brilham com mil luzes e proporcionam um espetáculo radiante.

O local é o éden verde do centro brasileiro. É também a fonte de vários pontos de água importantes. Daí a necessidade de proteger este lugar.

Apenas recentemente o Parque da Chapada dos Veadeiros tornou-se conhecido do público em geral. Basta dizer que esta selva há muito tempo foi preservada da intervenção humana. No entanto, a área está cada vez mais ameaçada pelo desmatamento e pela mudança climática.

Para ver na cidade:

O Vale da Lua: Este é um lugar incomum, que inclui formas rochosas engraçadas e piscinas naturais onde é bom nadar.

Cachoeiras de Santa Bárbara e Catarata dos Couros: O refrescante mergulho nessas cachoeiras é uma experiência simplesmente memorável.

Onde ficar:

Se procura meditação e contemplação, ou se procura calma, Alto Paraiso é a cidade do esoterismo por excelência. A cidade é o paraíso das religiões pagãs. De fato, as formações cristalinas que cobrem todo o território são propícias, segundo alguns, à propagação de ondas positivas.

Se você estiver em clima festivo, a vila de São Jorge será uma excelente escolha. As noites são animadas e você certamente apreciará as celebrações musicais quase contínuas.

Os pontos fortes do parque:

  • Não muito longe da capital, a visita do parque pode ser facilmente imposta.
  • O site é acessível a todos, quatro trilhas estão abertas ao público em geral e são perfeitamente adequadas para crianças e idosos.
  • A água da nascente flui no meio do parque, você pode se refrescar.
  • Várias atrações estão ao seu alcance, como caminhadas, trekking e natação
  • Você também pode realizar, simplesmente, belas caminhadas gratificantes

O que é Bom saber

Certamente é melhor estar acompanhado por um guia para aproveitar ao máximo a sua estadia. Alguns circuitos são mais difíceis do que outros, para os caminhantes menos experientes é necessário escolher os cursos para executar.

Idealmente, leva dois dias para apreciar a beleza do parque.

Há, é claro, vários lugares para descobrir no Brasil tão bonitos quanto os outros,  cheio de selvas e vegetação.

Os parques brasileiros dão aos viajantes a oportunidade de se aproximarem dessas paisagens selvagens; as atividades disponíveis são um bom bônus. O Parque da Chapada dos Veadeiros é, sem dúvida, um dos lugares mais charmosos e surpreendentes para se visitar, ficar aqui não o deixará indiferente.

Por conta própria, como casal ou com sua família, viajar pelo Brasil e passar algum tempo na Chapada dos Veadeiros lhe permitiria recarregar suas baterias.

Então, amantes da natureza e aventura para suas malas!

Possibilidade de alojamento quer na pequena aldeia hippie de São Jorge, quer na pequena cidade de Alto Paraíso, numa pequena e encantadora pousada. A partir daí, muitas excursões acessíveis para todos são viáveis para descobrir as maravilhas da Chapada.

Várias caminhadas permitem descobrir o interior do Parque, em particular o caminho dos canyons e o caminho dos Saltos (cachoeiras).

Demora cerca de 10 quilômetros a pé. Durante as caminhadas, você poderá desfrutar das cachoeiras que cruzam o parque. Lembre-se de preparar um pequeno piquenique e algo para beber. Você pode facilmente fazer pausas para nadar e comer uma mordida. Nos arredores do parque, outros passos menores e mais leves são possíveis. Não perca: o Vale da Lua, Uma paisagem idílica, cachoeiras, águas cristalinas e um conjunto rochoso com um pano de fundo lunar. Depois desses lindos dias de caminhada, um momento de relaxamento nas águas termais será bem merecido.

Leave a comment